Rodada de reuniões sobre o Macrozoneamento do município de Pouso Alegre

18 de Junho de 2019

Arquiteto Rafael Carreira do Neiru apresentando o diagnóstico para debate sobre o macrozoneamento de Pouso Alegre.

No dia 16 de maio, aconteceu, no Gabinete da Prefeitura Municipal, um encontro dos representantes do Neiru com o Núcleo Gestor do Plano, para apresentar o andamento do Plano Diretor do município.

O principal ponto discutido nesse encontro, foi a necessidade da participação de diferentes secretarias que têm interesse na definição do macrozoneamento do município. Foi decidido, entre o grupo, que essas secretarias são a de Planejamento Urbano, Meio Ambiente, Trânsito e Desenvolvimento Econômico. A partir da definição, foi concordado em realizar reuniões separadamente com cada secretaria, onde o corpo técnico do Neiru pudesse estar presente.

No dia 27 de maio às 9h da manhã, o arquiteto do Neiru, Rafael Carreira se encontrou com dois representantes da Secretaria de Meio Ambiente para debater sobre zoneamento e macrozoneamento. Alguns pontos da cidade sofrem com a incoerência da delimitação antiga de zoneamento e novos lotes estão sendo criados sem seguir critérios. Foi solicitado que o Plano Diretor que está sendo elaborado defina melhor quais tipos de atividades podem ser desenvolvidas nas áreas de proteção ambiental.

Na parte da tarde ainda do dia 27 de maio, o encontro aconteceu com os representantes da Secretaria de Planejamento Urbano onde o assunto de zoneamento foi debatido. Os participantes da reunião apontaram principalmente para onde a cidade tem crescido nos últimos anos e quais pontos têm maior potencial para crescer. O grupo chamou atenção para o crescimento vertical que está se desenvolvendo no centro da cidade de maneira acelerada e sem o devido gerenciamento, por isso, esse tópico deve ter atenção. Também foram discutidas sobre a delimitação das ZEIS com base em critérios sólidos.

A reunião com a Secretaria de Desenvolvimento aconteceu no dia seguinte, 28 de maio, às 9h da manhã, onde foram discutidas as áreas de maior prioridade, que são a área de expansão de empreendimentos de porte e a realocação da área onde será construído o novo aeroporto. Foi sugerido que se defina o porte das empresas de acordo com alguns parâmetros, como seu consumo de água, energia elétrica e área construída. As regiões consideradas de expansão pelo Secretário de Desenvolvimento são as que dão acesso à rodovia Fernão Dias e a região a sudoeste do município.

O bloco de reuniões sobre zoneamento se encerrou no encontro com a Secretaria de Transporte e Trânsito e o assunto mais falado foi a problemática do tráfego nas ruas centrais da cidade, além da falta de infraestrutura, como acessibilidade para cadeirantes e calçadas adequadas para os pedestres. O zoneamento ajudará a definir áreas em que não se recomenda a instalação de escolas e faculdades, por exemplo, que são instituições que intensificam o trânsito local. Além disso, fornecer acesso a atividades básicas faz com que as pessoas não precisem se deslocar de seus bairros até o centro da cidade, diminuindo consideravelmente o fluxo de carros e pessoas.